sábado, 25 de junho de 2011

A arte de calar



Para crescer é preciso saber silenciar e falar na hora certa.
A palavra é poderosa para construir ou destruir as pessoas.

Muitas vezes será preciso se calar:

Calar sobre a própria pessoa é humildade;
Calar na hora da raiva é sabedoria;
Calar diante da ofensa é dar a melhor resposta;
Calar sobre os defeitos dos outros é caridade;
Calar quando o outro está falando é delicadeza;
Calar e não falar palavras inúteis é penitência;
Calar diante do mistério que não entendemos é sabedoria;
Calar quando Deus nos fala no coração é silêncio;
Calar quando não há necessidade de falar é prudência;
Calar quando a gente está sofrendo é heroísmo.

Mas há certos momentos em que é preciso falar;

Calar diante do erro é conivência;
Calar diante da injustiça é fraqueza;
Calar quando se tem a solução certa é maldade;
Calar quando o outro espera uma palavra é omissão;
Calar diante do sofrimento alheio é covardia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário